Bio Ritmo Oficial

Porque beber água durante e depois das atividades físicas?

  

image

Você sabe qual a importância do consumo de água durante e depois dos exercícios físicos? Conversamos com a Karina Gervais, professora da Bio Ritmo,que tirou todas as nossas dúvidas.

1) Porque é recomendado o consumo de água durante as atividades físicas?

Resposta: Conforme nós nos exercitamos, a temperatura do nosso corpo aumenta. Por isso o consumo de água durante as atividades físicas é indispensável, tanto para hidratar o organismo quanto para regular a temperatura corporal.

2) Em algum ponto, consumir muita água pode ser prejudicial aos exercícios?

R.:Não chega a ser prejudicial, mas consumir muita água durante atividades físicas pode gerar um certo desconforto. Em média, é recomendado consumir 100ml de água a cada 15 ou 20 minutos. Mas esse número varia de acordo com a pessoa, transpiração, frequência cardíaca e etc. 

3) O consumo de água pode ajudar no desempenho da atividade física?

R.: Com certeza! Por regular a temperatura do corpo e repor, através da hidratação, o nível de sódio e potássio que precisamos. Para práticas de até uma hora, a hidratação com água é suficiente. Agora, para exercícios que durem mais de uma hora, é recomendado o consumo de um isotônicos carboidratos. 

4) Qual a importância de continuar hidratando o corpo depois dos exercícios?

R.: Durante o exercício, o corpo perde sais minerais através do suor. Para equilibrar o que você perde de sódio, regular a temperatura do corpo e voltar a sua temperatura anterior ao treino, a água é indispensável.

“Durante a atividade física, o corpo perde muito líquido. Para melhorar o desempenho, continue se hidratando durante e após o exercício.” 

5 acertos na organização da sua geladeira que podem ajudar a sua dieta

image

O jeito como você vê os alimentos dentro da sua geladeira faz toda a diferença – principalmente quando se trata em manter a dieta. Confira abaixo 5 dicas de como organizar tudo de um jeito que te faça manter o foco na alimentação certa.

1. Deixe apenas alimentos que fazem parte da sua dieta. Colocaro pudim bem na primeira prateleira, na altura dos seus olhos, é um convite pra fugir do planejado.

2.Fique atento(a) ao congelador. Batata frita, nuggets, sorvete e muitos tipos de comida congelada. Esses alimentos quase sempre contêm sódio, açúcar e gordura em excesso.

3. Molho de salada só o natural. Tudo bem, a gente sabe que os molhos prontos são mais práticos, mas eles também têm mais calorias, sal e gordura em suas composições.

4. Prefira guardar a comida em recipientes transparentes e de vidro. Eles não acumulam cheiro e você consegue ver sua comida colorida e fresquinha – um convite para devorá-la!

5.Mate a sua sede, não a dieta. Deixar cerveja e refrigerante na geladeira, bem gelados e na altura da sua mão, é uma cilada. Ao invés disso, procure deixar garrafas de água espalhadas pelas prateleiras, prontas para beber.

(Fonte: Boa Forma)

Música que faz bem ao coração.

Ouvir música faz bem ao coração,  garante um novo estudo apresentado no congresso anual da Sociedade Européia de Cardiologia, em Amsterdã.

De acordo com o estudo, a música ajudou na recuperação de pacientes com problemas cardíacos. Segundo os cardiologistas responsáveis pela pesquisa, qualquer pessoa pode melhorar a saúde do próprio coração ouvindo música.

Ainda durante a pesquisa, um grupo analisado que se exercitou ouvindo música melhorou sua capacidade aeróbica em 39%, além de mostrar mudanças positivas em relação aos seus problemas cardíacos.

Agora que você sabe que a mistura de treinos e música faz bem, é só baixar todas as suas músicas preferidas e encaixar os fones de ouvido!

(Fonte: Folha de S. Paulo)  

Fome Psicológica X Fome Fisiológica

A nutricionista chefe do programa Bio Nutri da Bio Ritmo, Fúlvia G. Hazarabedian, tira suas dúvidas sobre a fome psicológica, que a gente nem percebe de onde vem, mas te faz comer tudo o que vê pela frente.

Antes, é importante saber que a fome fisiológica é um estímulo natural para que a pessoa se alimente e mantenha as funções metabólicas. A fome psicológica, por outro lado, é causada por alguma circunstância emocional – estresse, pressão, perdas, relacionamentos, preocupações e etc.

Para saber que tipo de fome você esta sentindo, Fúlvia recomenda uma autoavaliação: “avalie seu estado emocional em geral, há quanto tempo realizou a última refeição e do que ela foi composta”.

Depois disso, você conseguirá identificar se a fome sentida pode ter aparecido devido alguma necessidade (psicológica).

A nutricionista dá uma dica para driblar essa fome de modo consciente:se não conseguir ficar sem ingerir nenhum alimento, opte por alimentos leves, acompanhados de um copo de água fresca. 

Porque ficar sentado tanto tempo faz mal?

image

O resultado de um estudo recente indica que pessoas que passam o dia todo sentados vivem cerca de dois anos a menos do que os mais ativos.

Isso acontece porque quando estamos sentados, o nosso corpo lida com o açúcar que consumimos de um jeito diferente. O pâncreas, que mantêm o nível de glicose normal no nosso corpo, tem maior eficiência dependendo do seu nível de atividade física.

Ficar de pé aumenta os batimentos cardíacos – levando para uma média de dez batimentos mais altos por minuto – e isso faz uma diferença de cerca de 0,7 calorias por minuto, segundo o pesquisador da Universidade de Chester, John Buckley.

Se você ficar em pé três horas por dia durante cinco dias o total chega a 750 calorias. Durante um ano, seria um total de 30 mil calorias ou mais de três quilos e meio de gordura!

E você, vai ficar aí sentado? 

Feliz Dia Nacional da Saúde o/

05 de agosto é o Dia Nacional da Saúde. Que tal dar um foco especial nela hoje? 

O seu bem estar é resultado do equilíbrio entre a sua saúde física e mental. Na Bio Ritmo você pode cuidar dos dois: faça um treino de musculação ou aeróbio e depois participe de uma aula de Bio Yoga, pra deixar a mente tranqüila e relaxada.

Use como inspiração essa data histórica e cuide da sua saúde. Faça consulta médicas regularmente, mantenha sempre a uma alimentação balanceada e saudável e, claro, pegue firme no treino!

Sobre corpo definido, a Bio Ritmo entende.

image

Para deixar o corpo definido, além de fazer aulas como Body Pump, Bio Funcional e Bio Hitt, é necessário seguir uma dieta balanceada e ter muita disciplina.

“Nosso corpo é uma máquina perfeita, mas que só funciona bem com os combustíveis certos. A alimentação tem uma relação direta com os resultados que queremos obter”, afirma a professora da Bio Ritmo, Adriana Lopes. Apenas combinando todos esses esforços você perceberá resultados, não somente estéticos, mas também na sua qualidade de vida: melhora o sono, aumenta a sensação de bem estar, diminui os níveis de stress e ansiedade.

Respeitando a individualidade e condição física de cada aluno, nós da Bio Ritmo te ajudamos a chegar à forma física desejada. O programa FACE 2 FACE (3x por semana, sessões de 30 minutos por um período de 45 dias) garante os resultados que você procura. Saiba mais: http://bit.ly/1nTHgjW

Cuide bem dos seus joelhos

image

É comum atletas profissionais sentirem dores nos joelhos, mas o mal também afeta pessoas comuns que treinam em busca da boa forma e da qualidade de vida. Fique atento e não ignore os primeiros sinais de dor.

“As dores nos joelhos precisam ser diagnosticadas. Após este procedimento, o professor poderá relacionar o melhor trabalho para a articulação”, esclarece o professor da Bio Ritmo Caio Visacre.

Segundo Visacre existem exercícios específicos. “A cadeira extensora e a flexora podem ser feitas de forma simultânea ou unilateral. Ao fortalecer a musculatura da parte anteior e posterior de coxa, você trabalha a articulação envolvida”.

Uma maneira de evitar problemas na região é um treino preventivo. “Fortalecendo os membros inferiores (aumentando a massa e a resistência muscular), a musculatura ficará mais propicia para impacto ou atividade específica”, explica o professor Caio.

Lembre-se, para qualquer atividade física, seja uma corrida no parque ou uma atividade de alta intensidade, procure um educador físico. Um profissional lhe dará a orientação correta, evitando possíveis lesões.

Mitos ou verdades sobre musculação

image

Com a ajuda do professor Felipe Chiavassa, listamos as 5 principais dúvidas sobre musculação:

Para um bom resultado, devo fazer musculação todos os dias, sem folga

Depende. A frequência depende do nível físico do praticante, assim como do seu objetivo. Indivíduos mais preparados podem treinar todos os dias. Para a grande maioria, treinar diariamente é desnecessário. É na recuperação dos exercícios físicos que adquirimos os principais benefícios, como aumento da massa muscular e não durante os treinos. Na musculação, mais treino nem sempre significa melhor resultado.

Musculação não emagrece

Mito. Qualquer exercício físico ajuda no processo de emagrecimento, basta que o estímulo seja adequado. Nesse caso se chama “Sobrecarga Metabólica”, que pode ser aplicada por meio da musculação, exercícios cardiovasculares ou qualquer outro, desde que tenha tal característica.

Só musculação aumenta a massa muscular

Mito. Qualquer exercício físico colabora para o aumento da massa muscular. Entretanto, os melhores são os “Exercícios Resistidos”, que têm como característica principal o uso da Força, entre eles a Musculação, Pilates e o Cross Fit.

É impossível ganhar massa sem tomar anabolizante

Mito. O ganho de massa muscular sem esteróides anabolizantes é possível, desde que o indivíduo tenha uma dieta rica em proteínas e carboidratos, principalmente os de baixa carga glicêmica e treine adequadamente. A grande maioria não tem paciência, dedicação e disciplina suficientes para respeitar o tempo necessário para adquirir bons resultados.

Musculação é treino para homem

Mito. Níveis adequados de força e massa muscular são indispensáveis para qualquer pessoa, independentemente do sexo e idade. Para as mulheres, exercícios que geram sobrecarga óssea, como musculação, são indispensáveis para evitar perda de massa óssea, cujo início ocorre por volta dos 30 anos e se acentua, principalmente, após a menopausa.

Conheça o projeto para terceira idade “Por Uma Vida Melhor”

image

Para a Bio Ritmo não existe idade certa para praticar atividade física e por acreditar nisso abraçou uma parceria com o Shopping Higienópolis. No projeto Por Uma Vida Melhor, um professor da Bio Ritmo ministra aulas gratuitas para um grupo da terceira idade duas vezes por semana (terças e quintas) às 9h em frente a Livraria da Villa.

A gerente da Unidade Higienópolis, Paola Rossani, explica como é importante manter o corpo em movimento depois dos 60 anos. “O exercício é fundamental para preservar a noção de espaço, equilíbrio, reflexos, força muscular, capacidade muscular, entre outros. O idoso ganha mais independência para realizar atividade do cotidiano como amarrar os sapatos, brincar com os netos e etc”.

Além dos benefícios físicos, Paola aponta outros ganhos, “nesta idade muitas pessoas perdem o convívio social e a atividade física em grupo ajuda a reintegra-los”. Para a gerente, é gratificante acompanhar a evolução desses alunos.

Para participar, os interessados devem procurar a administração do Shopping Higienópolis, apresentar-se ao professor, dizer se possui alguma restrição médica e ter mais de 60 anos.